O tempo passa, o tempo voa.

20 mar

Olá meninas, em primeiro lugar gostaria de pedir desculpas por ter me ausentando por alguns meses, 5 para ser mais exata. Eu estava em uma correria tremenda, e final do ano já viram né? Parece que tudo acontece de uma vez. Eu estava tendo que enfrentar os vestibulares, fazer minha monografia para o curso de publicidade, conciliar o trabalho, cargo na igreja e ainda pegar um tempinho para escrever cartinhas, ufa! Foi um final de ano daqueles. Mas eis que já estamos em Março, e as coisas estão bem mais tranqüilas, e por isso não poderia deixar de vir aqui deixar umas palavras.

No meu último post eu estava comentando sobre como o tempo realmente passa, que não é mito como muitos dizem, e realmente meninas, a cada dia que passa essa certeza se torna maior. A primeira vez que escrevi aqui no blog eu estava prestes a completar 6 meses de missão com meu Elder, e agora, estou prestes a completar 1 ano. É até estranho poder falar isso agora, “1 ano”. Há alguns meses essa data parecia tão longe, cada semana que passava era uma vitória, aqueles 365 dias de missão pareciam bem distantes e eu tinha a sensação de que nunca iriam chegar. Pois eis que mais uma vez torno a repetir, meninas, o tempo passa, na verdade estou começando a acreditar que o tempo voa! No dia 14 de Abril atinjo a grande marca de 1 ano de missão, e então, começarei minha super contagem regressiva.

Olhando para trás e fazendo um retrospecto deste um ano, posso dizer que tudo até agora valeu a pena. Não trocaria por nada esta experiência maravilhosa e única de esperar meu namorado durante sua missão. A saudade é grande? Sim, ela é enorme. Quanto mais os dias passam, mais a danada cresce, mas ao contrário do que muitos pensam, a saudade é algo maravilhoso, como li certo dia “a saudade é o amor que fica.” Se a saudade cresce só significa que o amor está crescendo, e isto é maravilhoso.

Antes do meu namorado ir para a missão, namoramos por 6 meses. Sim, para muitos pode parecer um curto prazo para se ter a certeza de que “é ele e vou esperar,” mas quando eu era pequena minha avó me deu um conselho que eu levo comigo até hoje, ela disse: “Quando você estiver com alguém e este alguém fizer você sentir borboletas na barriga, se apenas ao ouvir o nome dele você sorrir, se a eternidade ao lado dele ainda parecer pouco e você tiver um sentimento bom e tranqüilo por dentro quando estiver ao lado dele, você vai saber que ele é a pessoa certa pra você. É isso, você apenas irá sentir, e na mesma hora, você, apenas você, irá saber que encontrou o seu eleito.” Minha avó não me deu nenhum receita mágica como a maioria das adolescentes encontram em revistas femininas, do tipo “Se o menino piscar três vezes quer dizer que ele te ama e vocês serão felizes para sempre”, nada disso, mas ela me deu a chave principal, ela disse que EU sentiria e foi exatamente isso que aconteceu. Eu senti, e a partir deste momento eu tinha a certeza, “quero esperar meu namorado na missão.” Lógico que não foi uma decisão só minha, ambos nos ajoelhamos, jejuamos e oramos e ao fim juntos tivemos a certeza de que essa era a melhor decisão.

Enfim, continuando, durante um período de 6 meses namoramos com uma distância de 8 horas nos separando. As pessoas adoram comentar sobre a vida das pessoas e darem seus famosos palpites, então não demorou para falarem “ii, esses dois não passam do primeiro mês. Namoro a distância não da certo.” Os meses foram passando e as pessoas foram sossegando, até que finalmente ele saiu para a missão e os comentários voltaram “ii, esses dois não passam da primeira semana. Esperar durante a missão? Não da certo.” Muitas pessoas irão tentar desanimá-las meninas, dizendo coisas semelhantes, mas gostaria que vocês fossem “surdas”a tais comentários e mantivessem seus olhos fixos nos seus objetivos. Hoje, completo 1 ano e 6 meses de namoro. 17 meses a mais do que todos diziam que seria o máximo. Daqui algumas semanas completo 1 ano de missão, 359 dias a mais do que todos diziam. O que quero dizer com tudo isso é que a partir do momento que traçamos nossos objetivos e nos esforçamos para alcançá-lo, nada do que as pessoas falam podem interfirir em nossa decisão, simplesmente não podem. Você sabe o que quer, se mantenha fixa nesse pensamento. Se você sentiu, orou e sabe que é a escolha certa, o que tenho a dizer é siga em frente e força! A jornada pode não ser fácil, mas garanto que a recompensa será maravilhosa, afinal, jamais conseguiremos alguma recompensa através de um caminho fácil, são através dos desafios que crescemos e aprendemos. Caso contrário, permaneceríamos sempre em nossa “zona-de-conforto” e não progrediríamos.

Sei que ainda não terminei, tenho uma longa jornada a minha frente, mas saber que um dia a mais sem ele é um dia a menos para vê-lo novamente, me da muita força. Vocês me dão muita força! Saber que não estou sozinha nesta espera é maravilhoso e só tenho a agradecer a todas vocês.

Fiquem firmes meninas. Os dias demoram para passar, as semanas são rápidas e os anos voam. São apenas dois anos, aproveitem para aprender e crescer junto com seus Elderes durante este tempo. Incentive-os semanalmente através das cartas e demonstrem o quanto se importam com eles. E lembrem-se: Apesar da distância que existe entre nós e eles, sempre estaremos de baixo das mesmas estrelas.

Besos meninas e até breve.

Com amor,

Loo.

P.S Em comemoração ao meu 1 ano e 6 meses de namoro, (ou no caso para as meninas que estiverem completando 1 ano e 6 meses de missão) existe uma música muito fofinha chamada “One year and six months”, do yellowcard. Vale a pena conferir meninas! Aqui está o link para a música. http://www.youtube.com/watch?v=DFsmjMA0rK4

Anúncios

4 Respostas to “O tempo passa, o tempo voa.”

  1. Camila 20/03/2010 às 21:14 #

    Nossa.. lindas Palavras Loo *-*
    ee me arrepiei com o que a sua avó disse. é realmente verdade (:
    nos temos história um pouco parecida, bem parecida na verdade..
    Parabéns pelo aniversário de namoro e pelaaa sua decisão.
    beiijo

  2. Natallya 21/03/2010 às 20:35 #

    Adorei Loo! E como disse a Camila, lindas palavras, inspiradoras 🙂

  3. Larissa 23/03/2010 às 15:14 #

    também sei um pouquinho do que é ouvir comentários desanimadores por causa de algumas horas que nos separam de nossos namorados. mas sei mais ainda, como todas nós, que quando a nossa decisão é confirmada pelo Pai Celestial, só nos resta ir em frente, sempre em frente, sem desanimar nem fraquejar. porque só nós sabemos o quanto vale a pena! 🙂

  4. Marília Magalhães 27/03/2010 às 0:31 #

    🙂 🙂 🙂 🙂 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: