Quando Falta Romantismo

2 out

AVISO IMPORTANTE: Texto longo… rsrsrs

Ontem, enquanto o povo na casa da minha mãe assistia a novela das nove, eu estava vendo uns vídeos no youtube. Adoro ficar um tempão lá aprendendo com as experiências de outras pessoas e ver o que elas tem a compartilhar com o mundo, de acordo com meus interesses. Enquanto assistia o vídeo de uma moça que acompanho a uns anos (ela faz vídeos sobre a maternidade), tocou na novela a musica tema de algum casal. Tirei os fones do ouvido e fiquei ouvindo a musica vinda da TV.
Um filme passou na minha cabeça. As cartas que eu escrevia, os encontros que participava, os e-mails que esperava loucamente todas as segundas e lia e relia todo o resto da semana, aquele sentimento misto de alegria, dor e saudade. E depois que ele voltou, vivemos um conto de fadas. O romantismo imperava e aquela musica que tocava me lembrou de tudo isso. Ela embalou meus momentos trunkys, meus momentos felizes, nossos momentos românticos, nossos medos pré casamento.
E eu fiquei pensando… Quando é que eu me perdi, quando é que nós nos perdemos nessa vida adulta louca e esquecemos o quão gostoso era o romantismo. Veja bem, estamos bem rsrs. Mas sabe quando nos acostumamos com a presença um do outro??
Não tem mais bilhetinhos carinhosos, coraçõezinhos de papel cartão… todas essas coisinhas piegas, mas deliciosas de se receber e fazer.

O Rodrigo é maravilhoso, atencioso, solícito e tem aprendido a cada dia como lidar com meu humor inconstante e minhas neuras de limpeza e organização. =/ Mas todo relacionamento tem algo a melhorar não é mesmo??
=) Nesse um ano e meio de casada não me arrependo de ter esperado. Nós passamos por muitas dificuldades que, sim, enfraqueceram nosso relacionamento. Mas este não é um post sobre meu relacionamento… rsrs

=D O que eu gostaria de compartilhar com vocês é o que podemos fazer para não cair na rotina.

Bom, pensei na minha realidade e no que eu podia melhorar em relação ao romantismo que sinto falta. Porque na verdade, o que vemos de falha no outro é um reflexo de nós mesmos certo? Certo. Então, pensei em algumas coisas que eu podia fazer, agora que ele voltou, que casamos, para trazer de volta aquele sentimento de “Aahhh o amor!”

– Olhar meu MR com admiração. Veja bem, as vezes na correria da vida (faculdade, trabalho, cursos, academia, judô seja lá o que for…) nos esquecemos do porque esperamos dois anos, namoramos, noivamos e casamos e por qualquer besteira ficamos bravos um com o outro. Sim, a vida conjugal não é fácil. Mas como diz meu irmão, o casamento não foi feito pra ser uma guerra dos sexos ou para sermos infelizes. Tudo depende de como olhamos o outro, de como vemos a situação no momento. Vale a pena fazer uma tempestade? Vale a pena dizer palavras que vão ferir o outro?

=] Meu conselho é: Para, respira, respira e pensa. Lembra do tempo que esperou, lembra do porquê da espera, do porquê decidiu noivar e depois casar. Vai pro cantinho do pensamento, isso evita muito dizer coisas na raiva e transformar sua relação numa guerra. Fora o fato de que você lembra de todas as qualidades que ele tem, respira, se acalma e volta a olhar com amor a pessoa que você escolheu para passar a eternidade junto.

– Resgate a vida de NM. Traga ela para o seu namoro/casamento. O que você fazia no seu tempo de NM? Escrevia rios de cartas, era mais carinhosa, falava palavras doces pra ele??
Não precisa escrever 7 cartas por semana. Que tal um bilhetinho surpresa na carteira dele? Uma jantinha especial, um olhar diferente, um carinho despretensioso. Pequenas atitudes podem fazer uma diferença enoooorme!!
=D Vai por mim, conhecimento de causa.

– Cuide-se. Quer coisa mais triste do que uma mulher que perdeu o senso de si mesma? I mean, que se perdeu em viver para os outros, com a correria da vida esquece de si mesma e vai apenas vivendo um dia após o outro.Quando a gente esta na fase de conhecer o outro, na fase do namoro, a gente nem pensa em sair para encontra-lo sem maquiagem, cabelo arrumado, unhas feitas e roupinha “de sair”. E é essa moça arrumada que ele conheceu e por quem se apaixonou!!
Não estou querendo dizer que precisamos ser escravas da beleza e mascarar quem realmente somos apenas para agradar o cônjuge, até porque o esperado é que ele nos conheça de verdade e nos aceite como somos. Muito menos que precisamos ser eternamente magras e com tudo em cima. Mas cuidar um pouco mais de nós mesmas faz um bem danado, não só para o ego do companheiro mas para nós também. A autoestima alta evita frustrações e dependência excessiva do outro (amar não é depender do outro para ser feliz, pense nisso), além de te deixar mais animada e confiante. Seu MR vai olhar para você e lembrar sempre de quando a conheceu, vai admirar seu asseio e cuidado consigo mesma.
=D Caminhe, alimente-se bem, faça coisas por você, estude e olhe com mais positividade a vida. Os homens não suportam mulheres reclamonas, desleixadas e paradas no tempo. Pelo menos os que eu conheço.

– Diga sempre “Eu te amo”. E não somente diga, como haja a de acordo com o que sente. Demonstre seu amor por ele. Como? Isso nos leva de volta ao item “resgate a nm…”. Mimos e dizer o quanto o amamos agradam, aquecem o coração e nos fazem mais felizes.

– Coloque Deus no centro. Acho que todas aqui que já esperaram, viveram uma jornada espiritual de maior aproximação com o Pai Celestial nos dois anos em que ele servia. Pelo menos eu, sempre me preocupei em estar no mesmo nivel espiritual que ele quando voltasse da missão. Eu queria agregar algo em nossa vida espiritual como “um” e não ser dependente da fé e testemunho dele.
Fazer o básico. Tão simples e tão complexo… Ler as escrituras e orar todos os dias juntos e sozinhos, frequentar a igreja, cumprir com o seu chamado, viver os mandamentos e dar o seu melhor como filhos de um Rei, representantes de um Deus de amor e benignidade.
Ninguém é perfeito e é aí que se encaixa o “tão complexo”. As vezes estamos tão cansados a meia noite, depois de um dia cheio de trabalho, depois de pegar um metro, um trem e um onibus pra chegar em casa, depois de dar uma organizada rapida na cozinha e lavar o banheiro enquanto toma banho que na hora de deitar, a gente até lembra de ler e orar, mas o cansaço não deixa. É aí que mora o perigo.
Quando o cansaço bater, olha lá na frente. Imagina a exaltação. Eu gosto de pensar nas filhas que perdi, de avaliar o que estou fazendo aqui para voltar a viver com elas no Reino Celestial.
Se você não tem filha pra receber no milênio (piadinha cretina a parte… rsrs), mas já sabe que ele é “o cara” e quer ser exaltada com ele, comece pelo básico. Lute com seu corpo e não deixe passar um só dia sem fazer o básico.
Se você já se casou com seu MR, incentive ele. Chame-o para orar juntos e ler as escrituras, prepare a roupa dele pra facilitar da manhã corrida de domingo, coloque seu celular pra despertar, chame-o para a reunião familiar e faça todo o possível para colocar o Senhor como centro dessa relação.

Por que estou enfatizando o básico?
=[ No meu casamento, com a faculdade do Rodrigo, as dificuldades da vida que temos passado, o trabalho dele, ficamos praticamente inativos na igreja. E não só isso, deixamos de fazer o básico. Isso teve um impacto gigantesco na nossa relação e agora estamos correndo atrás do prejuízo que causamos a nós mesmos.

Seja diligente no básico.

Aplicar essas pequenas mudanças no relacionamento conjugal, noivado ou namoro pós missão farão uma grande diferença. Ele vai perceber que você sente falta do romantismo na vida a dois, vai ver sua mudança e com certeza responderá positivamente as suas demonstrações de amor.
Na minha humilde concepção, sei que o inimigo esta de prontidão para destruir relacionamentos com potencial eterno. Pense nisso, olhe lá na frente, mira na eternidade e faça do seu namoro/noivado/casamento algo que te traga felicidade, que te faça bem e que te ajude a crescer intelectual, material e espiritualmente.

Apesar de estar um pouco ausente aqui no EMM, sempre penso em vocês, estou sempre orando por todas nós que esperamos nosso missionário e pedindo para que o Senhor dê a cada uma de nós para enfrentarmos a dor e a delícia que é o relacionamento a dois.

Um beijinho e até semana que vem!!

Com amor,

Li Menezes

P.S.: Peço desculpas pela qualidade gramatical do texto. Além de fazer muito tempo que não escrevo, estou usando um teclado americano e estou apanhando pra aprender colocar os acentos gráficos.

Aaaaaaaah a música que eu ouvi foi “I Wont Give Up – Jason Mraz”

Beijo, beijo, beijooooo!

Anúncios

15 Respostas to “Quando Falta Romantismo”

  1. Adrielle Solano 02/10/2013 às 16:40 #

    Nossa Li suas palavras tocaram bem fundo no meu coração……serviu diretamente para mim e meu esposo……foi uma resposta do Senhor…..estou passando por tudo o que disse e estou sem forças…..mas depois deste post lindo fiquei emocionada…….obrigada…PARABÉNS!!!!! 😉
    Uma vez NM sempre NM…bj linda!!!!

    • Li Menezes 02/10/2013 às 19:13 #

      Oi Adrielle!!
      Ufa, fico muito grata por este post atingir alguem.
      Poder ajudar, contribuir de alguma forma aqui com vocês ajuda mais a mim mesma do que a qualquer uma.
      Gratidão!! _/\_

      Pois é mana… o casamento realmente não é fácil!! Mas me deixa feliz que temos o evangelho em nossas vidas! Sabemos onde procurar ajuda, sabemos o que fazer e muitas vezes sabemos onde estamos errando.
      Espero que as coisas melhorem para vocês!!
      Um grande beijo!!!

  2. Bruna Lima 02/10/2013 às 21:12 #

    Perfeito, Lí! Não só para as já casadas mas para que nós, solteiras, possamos construir um relacionamento mais forte desde já. 🙂

    • Li Menezes 02/10/2013 às 22:22 #

      Obrigada Bruna!
      Fico feliz de ter ajudado e obrigada pelo comentario!
      Estou esperando seus posts aqui!! Por favor hein!! =D
      Beijo!

  3. Aline Reis 03/10/2013 às 11:47 #

    Você é demais. Obrigada pelas belas palavras com certeza irá me ajudar na minha vida futura com ele. Tenho 4 meses de espera e sei o quanto é importante mostrar a ele que mesmo longe ainda o amo e que a garota que ele conheceu ainda está aqui do mesmo jeito o esperando. Muuuuuito obrigada

    • Li Menezes 03/10/2013 às 21:04 #

      Aline fico feliz de poder ajudar voces!!
      Ta novinha na espera!! Que deliciaaa!!!
      Fica ligada que toda semana vou postar alguma coisa =D
      Beijo!!

  4. Lais Sana 03/10/2013 às 18:42 #

    Li Menezes,

    Você não faz ideia do quanto me ajudou com suas palavras… Eu ainda estou na “Grande Espera” pelo meu missionário, mas confesso que ultimamente tenho deixado a preguiça me dominar, eu não estou feliz comigo! Não tenho mais aquele ânimo para escrever pra ele nem para mimá-lo como fazia antes, e tenho entrado numa luta para conseguir fazer minhas orações e estudo das escrituras diariamente e tenho fracassado =( não estou feliz com isso e depois de ter lido seu post foi bem especial pra mim, me deu um “chacoalhão” rs… faltam só 4 meses pro meu amor chegar e tenho que estar a altura dele, tenho que deixar o desânimo de lado e ser uma moça digna para recebê-lo…

    Obrigada pela ajuda!!!
    É muito especial ler as histórias das EMR =)

    Ps: Adoro seus posts, viu?!
    Beijosss

    • Li Menezes 03/10/2013 às 21:02 #

      Obrigada Lais!!
      Quatro meses da pra fazer bastante coisa ainda, rsrsrs!! Corre que você consegue!
      Beijooo

  5. Maildes Valesca 03/10/2013 às 19:04 #

    Li, suas palavras realmente foram sensacionais. Estou casada há 5 meses e sei como temos nossos desafios, e que o romantismo deve predominar SEMPRE! Entrei aqui pois faz tempo que não posto e leio, a loucura dos preparativos para o casamento e abandonei o blog. Choquei pois de uma maneira geral, todas nós autoras estamos sumidas demais, portanto vou fazer a meta também de voltar para dar ânimo as amigas de espera, retornadas ou não 🙂 Beijos e parabéns!

    • Li Menezes 03/10/2013 às 21:01 #

      Pois é Maildes!! O blog ta abandonadinho… Mas confesso que a vida anda corrida e sem internet em casa pra mim ficou dificil de continuar frequente aqui. Sem contar que fica difícil continuar no mesmo clima de NM. A gente pensa diferente agora né?!?! Bom pelo menos eu, rsrsrs. Por isso pensei em vir aqui voltar a postar e compartilhar com as meninas minhas experiencias como NM e agora como EMR.
      Mas nunca é tarde não é mesmo?? Bora agitar esse blog que é de utilidade publica, nos ajudou demais e ainda me ajuda!!

      Obrigada pelo comentario e bora postar!!! Não abandono mais esse blog jamais!! Só se a Marilia me convidar a sair… kkkkkkkk
      Beijooooo

  6. Sheilla S. da Graça 25/10/2013 às 21:40 #

    Certas coisas pareceram tão úteis para mim, ainda sou uma Nm com 8 meses de espera e amo ler conselhos daquelas que estão no futuro, naquilo que provavelmente será o meu futuro, afinal tudo o que vivemos em um relacionamento é parecido e podemos aprender com os erros e exemplos de outros, não precisamos passar por aquilo para saber como é, suas palavras me acrescentaram muito, obrigada por sua generosidade em compartilhar sabedorias importantes para mim!!

  7. Luaana Nascimento 22/11/2013 às 13:03 #

    Li, como sempre arrasando né? hehe

    Estou casada a 2 meses e 1 dia e esse post maravilhoso veio em óoootima hora!!
    Obrigada por suas palavras Li!

    Bjs
    Luh :*

  8. Carolina Trovo 10/01/2014 às 17:35 #

    Lídia, já disse que sou tua fã?
    Muito bom esse post, amei demais!
    Vazia um tempãão que não entrava aqui, mas ler suas palavras foi bom demais!

    Escreva mais, please!!

  9. Bruna Frota 07/02/2014 às 14:15 #

    Oi, meu namorado vai para missao daqui a 5 dias,somos de Sobral-Ce e ele vai servir na missao Uruguai Montevideo West, queria da alguma coisa pra ele levar, porém nao sei o que dar. Será que vocês podem me ajudar ?
    Grata!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: